Arquivo de Tag | Entrevista

Entrevista com Ana Claudia, uma brasileira que visitou a Finlândia!

Como surgiu seu amor pela Finlândia?
Surgiu quando eu comecei a conhecer as bandas finlandesas. Já conhecia o Sentenced, tinha gostado muito mas isso foi em 2001, quando vi o clipe de Killing me, killing you na MTV. Perguntei pros meus amigos mas ninguém conhecia a banda, então esqueci um pouco. Naquela época não tinha facebook pra eu poder conhecer gente que curtia, então só gravei o vídeo, em VHS, na época, rsrsrs, e curtia sozinha mesmo. Mas só em 2011 tive a oportunidade de conhecer um pessoal legal que curte bandas finlandesas e de repente resolvi que queria ir pra lá.

Quantas vezes visitou o país? Duas Quanto tempo de viagem?
È bem cansativo, 12h até Londres e mais umas duas horas até Helsinki, mas com o tempo de espera entre voos fica bem cansativo.

Como foi sua primeira viagem a este país?
Foi em Julho de 2012. Foi a primeira vez que saí do Brasil e que andei de avião, rsrsrs, foi maravilhosa, conheci lugares lindos e fiz amigos maravilhosos, além de ir aos shows, o que era minha prioridade. Fiquei 2 semanas em Oulu e o restante em Helsinki, mas nos fins de semana ia pra alguma cidade pra algum show ou festival.

Quanto tempo ficou? 25 dias.

Como foi sua segunda viagem?
Foi tão boa quanto a primeira, reencontrei todos os amigos que conheci em 2012, fiquei mais tempo em Helsinki, conheci bem melhor a capital e também fui a outros shows em outras cidades. Passei uma semana em Oulu. Fui ao Tuska, conheci brasileiros que moram em Helsinki e fiz novas amizades.

Quanto tempo ficou? 32 dias.

Quais características você conseguiu observar dos locais onde passou, que não tinha conhecido da primeira vez que viajou pra Finlândia?
O que me chamou a atenção desta vez foi a quantidade de estrangeiros na capital, não somente turistas, mas residentes também.

Comeu algum alimento ou bebida típica da região? Gostou?
Experimentei o hábito deles de beber leite nas refeições, no almoço, por exemplo, e gostei! O leite lá é bem saboroso, consegui bebê-lo puro, coisa impossível pra mim aqui no Brasl!!! Rsrsrsrsrs

Pretende voltar outras vezes? Já tem planos para a próxima ida?
Sim, na próxima vou pra ficar!! No começo de 2014 tô mudando pra lá!!

O custo para um brasileiro visitar a Finlândia é caro?
Nas duas vezes que fui gastei 10 mil reais, incluindo passagem, hospedagem, alimentação e comprei poucas coisas, nada de grande valor. O ideal é alugar um apartamento e comprar comida no supermercado pra evitar gastar com refeições. Mas uma opção bem barata são os hostels. A passagem aérea deve ser comprada com mais de 6 meses de antecedência, em novembro pra viajar em julho do ano seguinte, pois o preço aumenta muito rápido.

O que você mais admira nos costumes e nas pessoas finlandesas?
Aaaahh, admiro a calma deles, o que é interpretado como frieza pela maioria das pessoas é uma qualidade pra mim, eles são assertivos, é muito fácil lidar com eles, eles falam o que pensam, e o melhor de tudo é que respeitam o espaço um do outro, isso pode ser visto como indiferença e frieza por pessoas que são muito emotivas e apegadas à família e que esperam muito das pessoas, mas pra mim foi muito confortável conviver com eles. Eles simplesmente não ficam te paparicando, te tratam de igual pra igual e são extremamente honestos em todos os sentidos! São EXTREMAMENTE educados e gentis. Tenho a impressão de que os nórdicos em geral estão em uma vibração superior, eles não dão importância a mesquinharias, eles simplificam a vida, não fazem tempestade em copo d’água, bem diferente do povo latino…nosso sangue quente causa muitos problemas pra nós, rsrsrs.

Como foi a adaptação climática? Eu fui no verão, então ainda não tenho noção de como seria o inverno lá.

Quais cidades você teve o prazer de conhecer? Qual mais gostou?

Helsinki, Turku, Nokia, Oulu, Tyrnava, Liminka, Revonlahti, Pudasjarvi, Sotkamo, Raahe, Lieksa, Joensuu. Gostei mais da capital, Helsinki!!! Mas adorei Oulu, pena que é muito fria!!!

Qual a principal característica que diferencia o povo brasileiro e os finlandeses?
O sangue quente dos latinos faz toda a diferença, achei os finlandeses mais contidos, tímidos, calmos, silenciosos, ninguém é estressado lá. Por quais motivos, as pessoas deveriam se interessar em conhecer melhor a cultura e o país? Eu fui atraída pelas bandas de rock e pelos festivais de metal, mas a Finlândia tem uma história muito linda, sua mitologia, o Kalevala, as belezas naturais, a doçura do povo de lá, enfim, tenho a impressão de que a única coisa que não vou gostar muito é o frio, mas ainda não posso dizer com certeza pois fui no verão. E pra quem curte hard rock desde os anos 70 o rock finlandês é um prato cheio, eu encontrei lá tudo o que estava sentindo falta no rock pesado nos últimos 20 anos, foi como se eu estivesse sido direcionada pro lugar certo, me sinto totalmente em casa lá, todo mundo curte rock e metal, todo mundo vai aos shows, o rock está prá Finlândia como o sertanejo, pagode, samba e forró estão para o Brasil.

Quais eventos você frequentou? O que achou?
Em 2012 fui a 2 festivais: Ilosaarirock e Jyrkkarock Festival. Em 2013 fui ao Tuska, Ruisrock e Sotkamon Syke. Adorei todos mas o Tuska é o maior e mais metal, tem gente de vários países, mas todoso os festivais são muito bem organizados, tem até funcionários lavando os banheiros químicos toda hora!! rsrsrsrs

Pergunta particular: O que você achou do show do Harmaja?!! Vi o Harmaja no mesmo lugar nas duas vezes, 2012 e 2013, na cidade natal do JP, Raahe. Eles são mais rock and roll ao vivo do que em estúdio, adorei!!!!!!! JP é um caso à parte, é a gentileza e a simpatia em pessoa, além de não caber mais carisma nele, tem carisma pra dar e vender!!! É um dos melhores vocalistas de rock da Finlândia na minha opinião e apesar de todo o talento ele é extremamente humilde como a grande maioria dos músicos finlandeses. Foi exatamente isso que me conquistou de cara, eles tem um talento incrível e nem por isso são arrogantes (faço questão de mencionar isso porque nós aqui no Brasil sempre recebemos bandas americanas e inglesas principalmente, e já estamos acostumados com aquele chamado “estrelismo”, a gente nem acha mais ruim, já se tornou uma coisa natural num artista de rock). Os músicos finlandeses me mostraram o contrário, sou sempre tratada como uma amiga, eles são extremamente humildes, pra eles o verão é uma época de tocar em festivais e de encontrar os amigos, como eles mesmo dizem (vi isso numa entrevista do Amorphis). Eles são extremamente “cabeça no lugar” nesse sentido. Foi o que achei mais lindo neles!!

Gostaria de fazer algum comentário? Deixar um recado, ou agradecimento?
Quero agradecer muito a você Ane e ao Northern Queens pela oportunidade de falar sobre esse país maravilhoso, achei uma delícia responder às perguntas, muito bem elaboradas e abrangendo todos os aspectos, valeu mesmoooo!!! Bjs!

Ana Claudia de Oliveira (co-fundadora do fã clube Amorphis Latin America)

Facebook: https://www.facebook.com/amorphis.latin.america 

borda copy

Agradecimento especial a você Ana Cláudia, por ter nos dado a honra de ter essa entrevista e aprendermos um pouquinho mais sobre este país magnifico!!

Muito obrigada!

Anúncios

Entrevista com Zach Hietala! (Em Português)

Zachary Hietala from Tarot

Zachary Hietala from Tarot (Photo credit: Wikipedia)

1 – Onde você tira inspiração para compor essas músicas ?
Eu apenas comecei a tocar guitarra e as coisas vinham e iam, “não o foguete de ciências lá.”(???)
De tempo em tempo, músicas estão soando em minha mente e eu tento ter as ideias tocando.
Mas ás vezes eu preciso sentar com a guitarra e pensar em diferentes partes das músicas.
Foi o que eu fiz com meu último álbum “A2Z Parasites Of Paradise”. Meu coo guitarrista Ari me enviou suas partes e eu precisei compor minhas partes para as canções, foi meio fácil fazer, pois eu imediatamente tive a visão das músicas inteiras e meus dedos fizeram o resto.

2 – Qual foi o país que você mais gostou quando viajou?
Não há o país especial, mas na América Latina, pessoas são mais fanáticas pelas bandas e é um prazer pra tocar pra eles ao vivo. O público é muito louco!

3 – O que você planeja fazer nos próximos meses?
Nada especial… Eu acabo de iniciar minhas férias de verão dos dias de trabalho, então eu tento compor as novas canções para o Tarot e tenho descanso 

4 – Como você lida com o assédio?
O que quer dizer com assédio? Comportamento dos fãs? Ás vezes é chato, mas na maioria eu não considero perseguição de certa forma.
Se você faz alguma arte, você precisa aceitar que fãs estão interessados sobre seus afazeres, “dá-los pedaços” de você, querendo ou não. É a realidade.

5 – O que é música pra você ?
Vida inteira, hehe ! Ok… Tem sido grande parte de minha vida desde que eu era criança, então eu não posso pensar na situação de não ter música em minha vida.
Nosso pai (R.I.P), estava tocando violão e cantando para nós, quando eu e meu mano éramos crianças, então foi fácil para nós começar tocar também.
Eu sou grande fã de bandas também e compro música toda hora, eu consigo nova inspirações e chutes deles também.

6 – Quais instrumentos sabe tocar?
Eu sei tocar guitarra e baixo, bateria também e um pouco de teclado. Cantar eu consigo fazer bem, mas sou tímido pra fazer os principais, hehe! Ok… Eu tenho feito bastante backing vocals nos álbuns do Tarot, mas nunca os principais mesmo. Talvez algum dia…

7 – Quais instrumentos você gostaria de aprender a tocar e não teve chance?
Nunca pensei e estou satisfeito no que faço agora.

8 – Qual é seu guitarrista favorito?
Há tantos deles… Tony Iommi, Ritchie Blackmore, os caras do Judas Priest… Guitarristas Old School Metal são minha fonte de inspiração.

9 – Já esteve no Brasil? Em que lugares? Se não, viria pra conhecer?
Sim já estivemos aí. Tocamos em São Paulo e Curitiba na tour “Gravity of Light” e foi ótimo. Queremos estar aí de novo.

10 – O que você ouve do povo brasileiro?
Eles podem festejar e isso era verdade, hehe! Nós tivemos tãaao ótimo tempo aí e festejamos com fãs dia e noite. Quase voltei vivo pra casa, hehe!

11 – Como é trabalhar ao lado do seu irmão Marco Hietala?
Irmão é um ótimo cara e certamente uma pessoa decidida de fato. Ele nunca age como super estrela, qual ele é fácil de lidar pra trabalhar dentro da banda.

12 – Como é considerado trabalho musical na Finlândia? Pessoas veem você como uma grande celebridade ou vê o trabalho musical como um trabalho comum?
Eu não me considero uma celebridade, eu sou um dos caras da vizinhança, hehe! Sério, eu estive em volta tanto tempo, eu tenho status específico aqui. Mas eu não deixei isso mudar minha personalidade ou influenciar meu comportamento mesmo. Na cena musical da Finlândia, Heavy Metal é uma das maiores coisas agora e esperançosamente se estenderá! Nós temos tantas ótimas bandas em volta e bastante arte pra mostrar na verdade.

13 – Deixe uma mensagem para seus fãs e leitores do blog Northern Queens.
Pés na lama, punhos no céu!

Seu Zac
Tarot/A2Z/Marenne

—————————

Agradecimento especial ao KsK pela ajuda na correção da tradução!

Entrevista com a banda Penumbra!!! /Interview with Penumbra Band / Cover Nightwish!

Entrevista com Marie Brandão a vocalista da banda Penumbra! Banda brasileira da cidade de Pouso Alegre que faz cover do Nightwish!

1 – Como surgiu a ideia de montar a banda?
Isso já, era uma coisa que eu tinha em mente há muitos anos, (Marie Brandão), tudo nasceu de uma conversa num bar com amigos, e deste então fomos construindo a banda, passamos por diversas mudanças, até chegarmos a atual formação, a qual volta este ano com muita novidade.

2 – A quanto tempo existe a banda?
Oficialmente desde 2011.

3 – Quem são os integrantes da banda?
Marie Brandão (Vocal), Eliakim Lopes (Teclado), Joyce Natally (Guitarra), Willian Tonon (Baixo) e Murilo Vidal (Bateria)

4 – Qual cidade em que fizeram show que teve o maior público?
Boa pergunta, rs, acreditamos que em Poços de Caldas – MG

5 – O que você acha sobre o metal finlandês?
Simplesmente um dos melhores do mundo, se não o melhor.

6 – Vocês tem um grande assédio dos fãs? Como lidam com isso?
As vezes, lidamos bem, nós gostamos muito dos fãs, pois sem eles não existiríamos, nossos fãs são nossa fonte de inspiração.

7 – Qual a canção de Nightwish vocês mais gostam de tocar?
Beauty and the beast, Dead to the world, Phantom of the opera, dentre outras…

8 – Qual musica que os fãs sempre pedem para tocarem nos shows?
Phantom of the opera, Ever dream, Over the hills and far away…

9 – Qual foi o momento mais difícil que tiveram eu enfrentar com a banda?
Quando a banda parou por um tempo, ficamos muito tristes, e isso só piorava quando os fãs, amigos e outros lamentavam o fim da banda.

10 – Já teve alguma loucura de fã para nos contar?
Só invasão em camarins, rss mais nada que uma cerveja não resolva.. rs

11 – Qual é o maior sonho da banda?
Conquistar nossas metas, e concretizar nosso trabalho, sermos reconhecidos mundialmente pelo nosso trabalho.

12 – Gostaríamos que deixassem um recado para os leitores do nosso blog Northern Queens!
Gostaria de agradecer em nome da banda, como porta voz, ao carinho de vocês e todos nossos fãs, e ressaltar é claro a nova formação, com pessoas e músicos que são extremamente talentosos, e dizer que o som próprio tanto aclamado, logo estará ai para todos ouvirem e curtirem também.

No mais nosso muitíssimo obrigado!

Grande abraço a todos!

Atenciosamente:
Marie Brandão
Vocal of Penumbra Brazil
Pouso Alegre – MG

——————————————————————————————————————————————————————

English:

Interview with Marie Brandão lead singer of the band Penumbra! Band Brazilian city of Pouso Alegre that makes cover of Nightwish!

1 – How did the idea to form a band?
That already was one thing I had in mind for many years, (Marie Brandão), all born of a conversation in a bar with friends, and since then we have built the band went through several changes until we reach the current training, which returns this year with a lot of novelty.

2 – How long is the band?
Officially since 2011.

3 – Who are the band members?
Marie Brandão (Vocal), Eliakim Lopes (keyboard), Joyce Natally (guitar), William Tonon (Low) and Murilo Vidal (Drums)

4 – Which city that did show had the largest audience?
Good question, lol, believe in Pocos de Caldas – MG

5 – What do you think about the Finnish metal?
Simply one of the best in the world, if not the best.

6 – You have a big bullying the fans? How to cope?
Sometimes, good deal, we like a lot of the fans, because without them we would not exist, our fans are our source of inspiration.

7 – Which Nightwish song do you like to play?
Beauty and the Beast, Dead to the world, Phantom of the opera, among other …

8 – What music fans always ask to touch the shows?
Phantom of the opera, Ever dream, Over the hills and far away …

9 – What was the most difficult time I have had experience with the band?
When the band stopped for a while, we were very sad, and it only got worse when fans, friends and others lamented the end of the band.

10 – Have you had any crazy fan to tell us?
Only invasion dressing, rss nothing that a beer can not solve .. rs

11 – What is the biggest dream band?
Conquer our goals and realize our work, we are recognized worldwide for our work.

12 – We would like to leave a message for the readers of our blog Northern Queens!
I would like to thank on behalf of the band, as a spokesman, the warmth of you and all our fans, and highlight the new training course, with people and musicians who are extremely talented, and say that sound very much acclaimed, there will soon be for all to hear and to tan too.

In our more thank you so much!

Big hug to everyone!

Regards:
Marie Brandão
Vocal Penumbra  Brazil
Pouso Alegre – MG